Mulher do Séc. XXI – Poderosa ou Submissa?

Ainda em homenagem às mulheres, no mês em que comemoramos um marco histórico para a libertação da alma feminina.

Vivemos em um mundo machista! Um mundo em que, até pouco tempo atrás, apenas os homens tinham direito de assumir cargos de poder, onde os direitos e obrigações eram separados de acordo com o sexo da pessoa. Um mundo em que a mulher é vista basicamente como símbolo sexual e considerada despreparada para atividades “masculinas” como dirigir uma grande empresa, por exemplo. Visão essa que tem mudado aos poucos, com diversas mulheres assumindo cargos importantes e mostrando sua capacidade como empresárias, políticas, atletas, professoras e em muitas outras profissões.

No entanto, num país onde uma mulher é eleita presidente, onde oito mulheres assumem cargos de Ministras (em 2014, quando escrevi esse texto), onde diversas leis são criadas para defender os direitos das mulheres, a mulher ainda é vista simplesmente como um corpo, através de uma massacrante “Ditadura da Beleza”. Ao mesmo tempo em que a nudez feminina é “comercializada” na televisão, na internet e nas ruas, amamentar um bebê em local público é considerado estranho. Exibir seios no carnaval é divertido, mas “exibir” seios para alimentar um recém-nascido é imoral e agressivo. Nossa sociedade ainda acredita que as mulheres são o “sexo frágil”, emocionalmente instáveis e, naturalmente, mais fracas que os homens, tanto em força física, quanto psicológica. Mas, será verdade?

Será que a Mulher do Séc. 21 é Poderosa ou Submissa?

Você, mulher, imagina-se como um ser mais frágil e indefeso? Sente-se incapaz quando comparada aos homens? Você se considera inferior aos demais? Sente que é infeliz e acredita que assim será pelo resto da vida?

Se sua resposta for sim, está mais do que na hora de mudar seus pensamentos, de evoluir e perceber o quão especial você é.

Mas se você já conseguiu superar esse passado machista, meus sinceros parabéns! Você é uma mulher do século 21. Uma mulher independente, batalhadora, que busca seu constante crescimento através de estudo, trabalho e autodesenvolvimento, tudo isso sem deixar de ser mãe, amiga, irmã, companheira e filha.

A mulher do século 21 conquistou e ainda conquista seu espaço com muito esforço e determinação, pensando sempre em um futuro promissor, realizando todos os seus desejos, antes soterrados sob uma montanha de preconceitos e restrições. Desejos esses que podem ser pessoais, profissionais ou, até mesmo, sexuais, pois se ela quer, ela assume para si a responsabilidade e faz o que for necessário para realizar. Ela é destemida, corajosa e extremamente perseverante, pois sabe que nada virá fácil, mas se ela quiser, ela conquistará. E isso independe da idade, pois a mulher do século 21 não é aquela nascida no século 21, mas sim a que resolveu se libertar das amarras do passado e se superar.

A boa notícia é que qualquer mulher pode ser uma mulher do século 21, basta querer.

Basta ter a mais profunda vontade de crescer, de evoluir, de ser independente e comprometida com seus próprios sonhos. Assumir a direção da própria vida, dos próprios pensamentos e decidir ser. Encontrar um motivo para entrar em ação e dizer:

“Eu sou uma mulher do século 21. Sou confiante, sou batalhadora, sou guerreira, sou amiga, sou mãe, sou esposa, sou independente, sou vencedora e, acima de tudo, sou livre para andar com minhas próprias pernas e ter meus próprios pensamentos”.

E se precisar de uma ajudinha, pode contar comigo. =) Compartilhe esse texto com suas amigas e mostre que você é uma Mulher do Séc. 21!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s